Mais de trinta empreendedores são contemplados com cartas de crédito do FUNDOSOL Principal Publicações Publicação Voltar

Publicações

Mais de trinta empreendedores são contemplados com cartas de crédito do FUNDOSOL


Publicações, publicado em 27/10/2022

Foto: (Salmo Luz)


Nesta quinta-feira, 27, a secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural de Xinguara entregou 36 cartas de crédito do FUNDOSOL, Fundo Municipal de Economia Popular Solidária, para pequenos empreendedores do município, no total de R$ 122.307 mil.


Nesta etapa, cada carta foi de até R$ 2 mil e poderá ser quitada em até 12 meses, com as menores taxas de juros do mercado. Para os produtores que solicitam mais de uma vez, o valor pode chegar a R$ 5 mil, de acordo com a capacidade de pagamento.


Desde a criação, em 2010, o programa de Economia Solidária já disponibilizou mais de 1,5 milhão de reais, destes, R$ 495 mil em 2022.


Diferentes áreas de serviços e produtos são atendidas, depois de uma coleta de dados e aprovação, pela equipe da SEDUR, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural do município. Esta linha de crédito é para pessoas físicas e faz grande diferença nas produções de pequeno porte como a do horticultor Lourival Mesquita. “Vou comprar uma bomba e adubo. É com este recurso que vou cumprir com as entregas para meus clientes e aumentar o cultivo da minha horta”, disse.


O incentivo vai além do fomento da economia local, no caso da Valmira Silva, produtora de sabão caseiro, o crédito vai reafirmar o negocio que mudou a vida dela no enfrentamento à depressão. “Vou conseguir mais insumos e fazer meu sabão chegar mais longe, ainda”, falou.


Em breve, a prefeitura vai contribuir, também, nas vendas com a Feira Itinerante. “Através do recurso do Fundo adquirimos 25 barracas que serão instaladas em alguns bairros durante a semana. Cada dia, em um bairro selecionado, a secretaria vai montar e desmontar, as pessoas só vão ter o trabalho de expor seus produtos e receber a população que comparecer para consumir”, contou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural, Fábio Queiroz.


A expectativa é de que no próximo ano o valor de investimento seja dobrado, como conta Dr. Moacir. “O dinheiro do Fundosol é da prefeitura, o banco é responsável pelas operações. Para o próximo ano, pretendemos dobrar o valor disponibilizado, porque é um investimento que incentiva esses empreendedores e acaba voltando para a economia do nosso município”, acrescentou o prefeito.


De acordo com a SEDUR, ainda será realizada mais uma etapa do programa antes do fim do ano.


Por Elisa Lopes





VEJA TAMBÉM